Em fase de testes, regras para organização do trânsito interno são bem recebidas pelo mercado

Os usuários do entreposto de Contagem avaliam como positiva a implantação de novas regras de conduta, pela CeasaMinas, que foram iniciadas em 19 de novembro de 2020.

A falta de espaços para os clientes e a organização do trânsito era uma necessidade recorrente no entreposto e a maioria dos clientes que chegavam ao mercado por volta de 5h a 5h30 não encontravam mais vagas, porque os veículos leves estavam ocupando a vaga de um caminhão do cliente.

O projeto conta com a participação da CeasaMinas, da ACCeasa, da APHCEMG, do SINDICAR-MG, da Polícia Militar e da Polícia Civil.

Parabéns

Parabéns para todos! Até que enfim estamos colocando em ordem a Ceasa. Porque não tínhamos condições de continuar trabalhando como estávamos: nossas portas cheias de carros pequenos, travando a permanência de caminhões para carga e descarga. Nós temos que entender essa situação, porque é para o nosso bem. Muita gente vai achar ruim, é mudança, todo mundo acha ruim. Mas, infelizmente, temos que fazer um sacrifício, porque daqui a uns dias nos acostumamos e o funcionamento da Ceasa vai melhorar 100% até para os próprios compradores. Parabéns à ACCeasa, parabéns à comissão de estacionamento e a toda equipe da Ceasa, aos produtores rurais que frequentam esta estatal, aos carregadores, nossos companheiros de jornada, e, principalmente, a todos os nossos clientes. Espero a mútua cooperação de todos que convivem em nosso mercado.
Ivan Francisco Pereira – Legumes Neovi Minas Brasil

Esta é uma melhoria muito grande para o mercado. Todos os envolvidos estão de parabéns!
Marcos Mello – Irmãos Costa Mello

Parabéns Noé! Pelo esforço, dedicação, competência e resultado!
Carlos Braga – Águia Alimentos Ltda.

Conquista

Sucesso!! Esta é uma grande vitória para todos que fazem a CeasaMinas.
Wellington Silva – Empório Vila Oliva

Superação

Passamos no primeiro teste! Está dando tudo certo? Claro que não, mas para grandes conquistas é necessário dar o primeiro passo.

Considero ser esse o projeto mais importante do ano. Merecia mais apoio, envolvimento e recursos por parte da Ceasa, reconheço. Mas, como empresa pública, temos que seguir a legislação, o que nos torna mais lentos, como também, devido ao momento atual de pandemia em que vivemos, que nos trouxe alguns transtornos. A palavra de ordem é superação.

Vamos lá! Ainda sem o ônibus desejado, sem o pessoal do apoio, poucos cadastramentos, acessos inacabados, ausência de câmeras e telas. Porém, mesmo com poucos recursos, é para a frente que iremos.
Especial reconhecimento para o diretor-presidente da ACCeasa, Noé Xavier e a equipe da ACCeasa, pelo grande esforço e dedicação.
Ivagner Ferreira – Diretor-técnico operacional da CeasaMinas

Avanço

Nós, profissionais de segurança pública, entendemos ter sido um grande avanço para clientes e funcionários da Ceasa, pois houve uma melhoria significativa na circulação de pessoas e veículos nas principais vias do entreposto. A maior facilidade de circulação e redução do número de veículos estacionados em locais inadequados viabiliza uma otimização da prestação de segurança, seja pela PMMG ou pela empresa privada contratada pela Ceasa, além de facilitar o monitoramento pelas câmeras do Olho Vivo. O empenho da CeasaMinas e das entidades representativas para a realização desse projeto demonstra a transparência e o comprometimento de todos para a melhoria do acesso e segurança dos clientes no entreposto, bem como na melhoria das condições de trabalho dos funcionários dos diversos setores que atuam na Ceasa. Entendemos que o diálogo destes atores com a empresa de segurança privada e PMMG deve se materializar de forma contínua visando uma Ceasa cada vez mais segura e acessível.
DANIEL CHAGAS – Tenente PM – 131ª Cia PM

Apoio

A frota de veículos leves no entreposto cresceu muito e o platô principal não suporta a quantidade de veículos que estão chegando no entreposto. Precisamos do apoio de todos para encontrarmos as melhores soluções para a organização do nosso trânsito interno.
Márcio Salvador Oliveira – Kakau Batata