CADASTRO AMBIENTAL RURAL
03 de September de 2015

Produtor utilizará plataforma nacional para fazer cadastro

 

Os proprietários de imóveis rurais localizados em Minas Gerais deverão, a partir do dia 8 próximo, efetuar o Cadastro Ambiental Rural (CAR) através da Plataforma Nacional de Cadastro Ambiental Rural Sicar Offline. A expectativa é que o novo sistema amplie a eficiência e dê agilidade na realização do CAR dos posseiros e proprietários de imóveis rurais em Minas Gerais. A mudança do sistema estadual para o federal se deve às falhas recorrentes identificadas na plataforma local, o que dificultava a realização dos cadastros.

A adesão de Minas Gerais ao CAR nacional off-line foi comunicada pelo governo de Minas Gerais, por meio da conjugação de esforços entre Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sem ad), Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). A partir do dia 8, o programa já estará disponível paradownload, porém, somente no dia 22 de setembro será liberado o envio dos dados.

Para o presidente Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, a mudança será primordial para que o número de propriedades inscritas no CAR aumente. “Nós estamos satisfeitos com a mudança para o sistema federal, porque vínhamos reivindicando isto desde o início das inscrições, quando percebemos que a plataforma estadual não funcionava. Teremos sete meses para concluir o CAR e em Minas Gerais é uma tarefa enorme, por isso vamos reunir esforços para realizá-la”.

Ainda segundo o representante da Faemg, os sindicatos rurais estão sendo comunicados da decisão e convocados a auxiliarem os proprietários para que, ainda em 2015, a maioria dos imóveis seja cadastrado. “Estamos aptos a montar um mutirão e alavancar as inscrições no CAR. Somente pelo Instituto Antônio Ernesto de Salvo (Inaes), selecionamos 30 empresas especializadas para prestar serviço aos sindicatos, além de contarmos com um grande número de técnicos treinados. Nossa ideia é incentivar a inscrição no CAR ainda neste ano, pois se deixarmos pra a última hora, entre março e abril, poderá ter sobrecarga nas linhas oficiais com a entrega das declarações do Imposto de Renda (IR), trazendo problemas para o setor”, explicou Simões.

Vantagens – De acordo com o gerente de Gestão de Reserva Legal do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Gustavo Luiz Godoi de Faria Fernandes, em Minas Gerais, já foram cadastradas 250 mil propriedades rurais, de um total de 550 mil. “Para cadastrar as propriedades, o sistema estadual necessitava estar conectado à internet o tempo todo. Mas com a plataforma federal o trabalho pode ser feito off line facilitando o processo. Além disso, permite que as contas sejam feitas na máquina do proprietário, o que reduz as margens de erros. Outra vantagem é que o programa tem algumas customizações para Minas, como a possibilidade de acessar as imagens do Google Earth quando conectado à internet. Todos esses benefícios estimularão e facilitarão o acesso à plataforma, permitindo que os cadastros sejam realizados até 5 de maio de 2016”.

Em nota, a Semad comunicou que a partir do dia 8 o Sicar será off-line, o que permitirá que os usuários façam os cadastros mesmos sem estarem conectados à internet, minimizando os erros de processamento do sistema. O acesso à internet será necessário apenas na realização do download do programa e no envio dos cadastros feitos, similar ao que acontece na declaração de imposto de renda.

A nova interface contará com ferramentas para auxiliar a elaboração e a inserção dos imóveis rurais no CAR. Os usuários terão total controle da situação dos cadastros podendo consultar sobre a emissão do Recibo de Inscrição do Imóvel Rural, o resultado da análise dos cada stros e sobre a Adesão a Programa de Regularização Ambiental (PRA), por exemplo.

Os dados solicitados no novo sistema serão os mesmos da antiga plataforma, assim, os usuários que foram treinados ou que já tinham conhecimento do antigo sistema não terão dificuldades em continuar fazendo ou retificando os cadastros.

Plataforma – A partir do dia 8, quando a plataforma estadual estará desativada, os proprietários deverão acessar o site www.car.mg.gov.br, para baixar o programa. Os cadastros iniciados e não concluídos na plataforma estadual até 7 de setembro, serão excluídos, sendo o proprietário obrigado a refazer o processo completo pela plataforma nacional.

Já os cadastros concluídos e finalizados no sistema estadual, em que o Recibo Federal de Inscrição do Imóvel Rural no CAR foi emitido, ou os que ainda aguardam a transmissão e posterior emissão não serão comprometidos em nada com a transição dos sistemas.

O envio dos cadastros feitos no novo sistema só será permitido após o dia 22 de setembro. Antes da data, também não será possível retificar os cadastros feitos no atual sistema e nem baixar os recibos estaduais e federais dos mesmos.

Diário do Comércio

ACCeasa® 2018 - Todos os direitos reservados - Site desenvolvido por Galpão 33
Rodovia BR 040 - Km 688 Ed. Acceasa - Bairro Guanabara - Contagem/MG - CEP: 32145-000
Gommo Tecnologia Amplementa Agência Digital