Plano Diretor de Contagem será revisto até o final do ano
09 de August de 2017

O desenvolvimento do município é o norteador de toda a discussão para a revisão do Plano Diretor de Contagem anunciou o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, René Vilela, juntamente com o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Wagner Donato e gestor do Departamento de Controle Ambiental, Marcos Botelho, além de assessores, durante reunião com o G-7, no CIEMG.

Essa é “uma das demandas do G-7”, lembrou seu presidente, Sanders Alves, ao confirmar a disponibilidade e as possibilidades de contribuição do grupo não só para encaminhamento, mas também para sua solução, isso, “no papel de parceiros pelo crescimento do município”.

Entre os muitos temas na discussão do Plano Diretor, que engloba de definição de áreas urbanas, rurais e industriais até o uso e ocupação do solo, “há também a determinação de investir na regulamentação de modelo moderno para legitimidade da gestão da área de Várzea das Flores”, informou Vilela. “Imprescindível para indução do desenvolvimento da região, um projeto que prevê ciclos de investimentos por duas décadas, o plano está em desenvolvimento, juntamente com todos os órgãos municipais e estaduais”.

Para reverter os danos causados na APA – Área de Proteção Ambiental de Várzea das Flores, que abrange 54% do território do município, “apesar das críticas, estamos convictos da importância da adoção de políticas públicas para proteção, recuperação e manutenção de mananciais e da cobertura vegetal”. Mais que isso, prevê projetos de inclusão social e econômica de expressiva parcela da população, sem opções de emprego e renda e sem atendimento de serviços essenciais.

São várias frentes de trabalho, esclareceu Wagner Donato, secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, ao apresentar a atuação da pasta e o volume de informações em análise. Uma delas é a proposta para alteração do macrozoneamento “que iria engessar as ações previstas para preservação ambiental e dos recursos hídricos da região”.

“Estamos num momento crítico desse trabalho para definir perímetro urbano, áreas rurais e o setor produtivo tem grande contribuição a oferecer”, anunciou ainda o gestor Botelho, ao fazer o convite para que 14 representantes do G-7 passem a integrar a agenda de discussão, a partir de 11 de agosto.

ACCeasa® 2018 - Todos os direitos reservados - Site desenvolvido por Galpão 33
Rodovia BR 040 - Km 688 Ed. Acceasa - Bairro Guanabara - Contagem/MG - CEP: 32145-000
Gommo Tecnologia Amplementa Agência Digital