Mercado
21 de February de 2018

 

Contrariando as expectativas da diretoria da ACCeasa e empresários, o Prefeito de Contagem, Alex de Freitas, não compareceu ao encontro com representantes da ACCeasa, CeasaMinas e lojistas, marcado para o último dia 11 de janeiro, na ACCeasa. De acordo com o diretor-presidente da ACCeasa, Emílio Brandi, o objetivo da reunião era tomar um café com o Prefeito, para que ele pudesse conhecer os integrantes da comunidade CeasaMinas, como dirigentes, lojistas e parceiros. “Na oportunidade, com bastante objetividade, pretendíamos apresentar os números que ilustram a situação econômica e financeira do entreposto e comprovar a real dimensão da sua contribuição para o desenvolvimento do Município de Contagem”, destacou o diretor. “Esperávamos conseguir agilizar as demandas que estamos discutindo desde o segundo semestre de 2017, contando com a abertura por parte da Prefeitura de Contagem, que antes de 2017 não existia”, disse o diretor financeiro da CeasaMinas, Juliano Maquiaveli.

 

Representando o Município, compareceram os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Saint’ Clair Schmiett Terres, de Meio Ambiente, José Roberto Garbazza Santos, Adjunto de Fazenda, Camilo Cândido Araújo Júnior, de Transportes, Gustavo Gomes Peixoto e o Procurador Chefe da Fazenda, Armênio Fantini Júnior. Na pauta das discussões, o estudo, a organização e a assinatura de um convênio formal, com respaldo legal, que seja do interesse, gere benefícios e estreite, de forma produtiva, as relações entre município e mercado.

 

Custo CeasaMinas

 

O diretor financeiro da CeasaMinas, Juliano Maquiaveli, informou que, nos últimos anos, vem tentando reduzir o “Custo CeasaMinas” para promover o crescimento do entreposto. “Reduzir esse custo significa atrair novos negócios e impedir que outros transfiram as sedes de suas empresas para cidades vizinhas, que oferecem mais benefícios”, afirmou. Para ele, a Ceasa não é um lugar somente de entidades privadas, se tornou quase um bairro, totalmente aberto à população, onde circulam cerca de 70 mil pessoas por dia e isso gera despesas de manutenção. De acordo com o diretor, o orçamento anual de despesas com manutenções como Serviço de Limpeza e Coleta Lixo, Aterro Sanitário, Manutenção Asfáltica e a Segurança, que envolve os bairros no entorno, são da ordem de R$ 7 milhões/ano. “Por isso, gostaríamos de contar com o apoio da Prefeitura, como, por exemplo, a manutenção asfáltica e sinalização do entreposto, mas estamos abertos à novas propostas”.

 

Possível fazer

 

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Saint Clair Torres, disse que reconhece a importância da CeasaMinas no contexto municipal. “Precisamos mesmo deixar claro o que poderá ser feito e o que não será possível resolver”, declarou. O secretário prometeu proatividade por parte da prefeitura, que, segundo ele, dará retorno, o mais breve possível. “Proponho uma força tarefa para levantar, analisar e apresentar soluções para todas as questões solicitadas, como coleta de lixo, manutenção asfáltica e alvarás de funcionamento aos lojistas.
Encerrando a reunião, Emílio Brandi solicitou aos secretários que informassem ao prefeito que a ACCeasa representa os empresários do entreposto de Contagem, que cobram soluções, como uma redução no custo Ceasa. O diretor reconheceu e agradeceu o canal de comunicação que a Prefeitura de Contagem vem mantendo com o entreposto.

ACCeasa® 2018 - Todos os direitos reservados - Site desenvolvido por Galpão 33
Rodovia BR 040 - Km 688 Ed. Acceasa - Bairro Guanabara - Contagem/MG - CEP: 32145-000
Gommo Tecnologia Amplementa Agência Digital