Incêndio no pavilhão G1
12 de September de 2017

Com relação ao incêndio que aconteceu na CeasaMinas, no feriado de 07 de setembro, no pavilhão G1, e atingiu lojas de produtos variados como embalagens, bebidas, pneus e agrotóxicos, a diretoria executiva da ACCeasa informa:

 

– Desde os primeiros sinais da ocorrência, a diretoria prestou assistência e tomou providências para minimizar os efeitos do incêndio para os comerciantes envolvidos e também para manter as atividades normais do entreposto. O diretor financeiro, Luiz Fernando C. Campos foi um dos primeiros a chegar, para acompanhar os trabalhos dos bombeiros.

 

– Ainda na sexta-feira (08/09) e no sábado (09/09) o diretor-presidente, Emílio Brandi, juntamente com o diretor-social, Rodrigo Ribeiro, estiveram reunidos com os comerciantes que tiveram suas lojas afetadas, o presidente da CeasaMinas, Gustavo Fonseca, e sua diretoria. Nesse encontro ficou definida a realocação das lojas em novos espaços cedidos pela CeasaMinas. A expectativa é de que alguns lojistas voltem a trabalhar já nesta semana, assim que forem instaladas a energia elétrica e a conexão com internet e estrutura de palets.

 

–  Paralelamente às providências para apoio aos comerciantes atingidos pelo incêndio, o diretor-presidente, Emílio Brandi, atuou para agilizar a remoção dos escombros do pavilhão G1 e acionou  autoridades,  ainda durante o fim de semana, para evitar a  interdição da CeasaMinas imposta pela Defesa Civil. O diretor tomou providências para que fosse realizada uma vistoria para avaliar as condições das estruturas no pavilhão afetado, que aconteceu ainda no domingo (10/09), às 21 horas, quando foi autorizado o funcionamento normal do mercado, já na segunda-feira (11/09), com orientação para interdição apenas no pavilhão afetado pelo incêndio.

 

Apoio

A ACCeasa se manteve atuante e participativa em todas as ações relacionadas à ocorrência. Emílio Brandi destaca que o apoio e as providências foram direcionados a todos os comerciantes envolvidos, independentemente de serem ou não associados. “Nosso propósito foi abraçar os comerciantes afetados e devolver a estabilidade ao entreposto com a maior brevidade possível”.

 

O diretor destaca o empenho do presidente da CeasaMinas, Gustavo Fonseca, e sua diretoria, para trazer soluções em todo o processo. “O presidente nos atendeu prontamente com providências que resultaram na rápida alocação dos lojistas em espaços cedidos pela administração da CeasaMinas”.

 

Emílio Brandi enfatiza, também, a colaboração do gerente de segurança da CeasaMinas, Sérgio Luiz. “Queremos agradecer ao Sérgio, que participou ativamente nas ações de apoio e decisões, juntamente com o corpo de segurança da CeasaMinas, desde o início da ocorrência até a liberação das lojas pela defesa civil”.

 

Atitude

Emílio Brandi ressalta a importância de conscientização do mercado sobre medidas de prevenção e segurança. “O incêndio aconteceu em um dos pavilhões mais novos da Ceasa. Precisamos aproveitar este momento para adequar nossas lojas com parâmetros corretos de segurança para prevenir estas ocorrências”.

 

 

 

 

 

ACCeasa® 2018 - Todos os direitos reservados - Site desenvolvido por Galpão 33
Rodovia BR 040 - Km 688 Ed. Acceasa - Bairro Guanabara - Contagem/MG - CEP: 32145-000
Gommo Tecnologia Amplementa Agência Digital